top of page

UFSM e Solubio assinam acordo para desenvolver bioprodutos a partir de amostras ambientais

A Universidade Federal de Santa Maria e a Solubio Tecnologias Agrícolas LTDA EPP fecharam parceria sobre bioprodutos a partir de amostras ambientais. O objetivo desse acordo é criar um bioherbicida, um bioinseticida e um biossurfactante de origem microbiana. O nome do projeto é “Pesquisa, Desenvolvimento, Aprimoramento e Inovação em bioinsumos microbianos e bioprocessos para a agricultura sustentável”.

A produção destes bioprodutos visa contribuir para a redução de impactos ambientais causados pela aplicação de agrotóxicos. Atualmente muitos produtores rurais do Brasil e do mundo estão buscando substituir os agrotóxicos por bioprodutos. A utilização de agrotóxicos cresceu nos últimos anos e somente nos últimos três foram feitos 1.529 novos registros de pesticidas, 561 apenas em 2021. Desse modo, a Solubio entendeu a necessidade de desenvolver mais bioprodutos e aumentar as possibilidades técnicas para sua utilização. Com isso, a criação desses bioprodutos visa contribuir para uma agricultura mais sustentável. Para tal, o projeto conta com um aporte financeiro de R$218.044,40.




A Solubio é uma empresa fundada por egressos da UFSM. O foco da empresa é levar a seus clientes alternativas mais sustentáveis e econômicas na atividade rural. Com o aprendizado constante no campo, o feedback dos produtores e a parceria com doutores, institutos de pesquisas e universidades a companhia criou uma plataforma de produção de bioinsumo na fazenda para uso próprio com padrão industrial, chamada de Solubio Experience. Recentemente, a Solubio venceu o prêmio no evento South Summit Brazil na categoria de Sustentabilidade.


97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page