top of page

SoluBio reúne especialistas do Agronegócio para série de palestras online

A SoluBio, empresa que trabalha com a produção de bioinsumos nas fazendas, promove de 22 a 26 de agosto, o SB Week — evento gratuito e online — que contará com uma série de palestras realizadas por sete especialistas do Agronegócio. Entre os nomes confirmados está o da chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa, Rose Monnerat, que foi pesquisadora da Embrapa por 35 anos.

De acordo com o diretor comercial da SoluBio, Mauricio Schneider, o objetivo é proporcionar uma troca de experiências entre profissionais da área, levando em consideração o amplo crescimento na produção e utilização de bioinsumos no país.

“Essa é a primeira vez que realizamos esse evento e até esta sexta-feira (19) já tínhamos mais de mil inscritos! Estamos confiantes que será uma troca de informações valiosa”, complementa.



Além da apresentação da SoluBio Experience 3.0, que é a solução oferecida pela empresa idealizadora do projeto, serão abordados os temas: manejo biológico em grandes culturas e perspectivas futuras; microalgas para agricultura sustentável; Trichoderma: Versatilidade e funcionalidade; microbiologia e saúde do solo; melhorias de procedimento e processos On Farm; e a importância dos novos ativos, sendo este último ministrado pela doutora Rose, que está à frente do Centro de Inovação da SoluBio, em Brasília.

“Acredito que os bioinsumos são o futuro e nós temos condições de sermos autossuficientes. O que precisamos fazer hoje é o que a SoluBio já está fazendo: oferecer a solução para os produtores e abranger todas as etapas do processo desde o início, desde a pesquisa do ativo até a assistência na utilização do produto nas fazendas, com controle de qualidade e assistência”, afirma.

Os demais temas serão abordados pelo: doutor Magno Rodrigues de Carvalho Filho, que atua no ramo do controle biológico de doenças de plantas; doutor Luiz Eduardo da Rocha Pannuti, que possui experiência no planejamento agrícola de grandes grupos, principalmente na área de fitossanidade; pelo mestre Adailson Feitoza, que trabalha com microrganismos utilizados na agricultura; pelo mestre Dágon Manoel Ribeiro, especialista em microalgas para agricultura sustentável; e pelo engenheiro Eduardo Ranieri, que trata de cultivos microbianos em biorreatores STR para expressão de proteínas recombinantes.


Fonte: Sucesso no Campo

53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page