top of page

O impacto financeiro do OnFarm no mercado e na propriedade rural

Em todos os lugares do mundo, principalmente no Brasil, produtores e fazendas vêm colhendo os inúmeros benefícios dos bioinsumos para sua produção, em qualquer cultura. As vantagens são percebidas em questões de produtividade, eficiência de manejo e mais segurança para os colaboradores, além, é claro, de colaborar com pautas ESG.


Impacto financeiro da produção OnFarm de bioinsumos na fazenda

Dando um passo além da escolha de manejar com insumos biológicos, muitos produtores optam pela multiplicação dos microrganismos dentro de suas próprias fazendas por meio de biofábricas instaladas na propriedade. Além de colherem os resultados dos biológicos aplicados à cultura, o principal motivo da mudança é o grande impacto financeiro positivo que este tipo de produção possibilita. Clientes da SoluBio, uma das maiores empresas de bioinsumos OnFarm, reduziram seus custos em até 70% nos cultivos de soja, milho, trigo, algodão, cana, café e horti-fruti.

Mauricio Schneider, CEO da SoluBio, exemplifica o impacto financeiro utilizando dados do relatório de custos de produção de soja divulgado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), referente ao mês de maio, em uma entrevista realizada para a Revista Agrocampo.

“Houve um aumento de 16,4% no custo dos fungicidas e 18,1% no de inseticidas em um ano. Juntando com o herbicida, que também teve um aumento altíssimo de quase 48%, o agricultor de Mato Grosso, por exemplo, vai gastar 49,2% a mais do que na temporada anterior. Com a nossa solução ele tem o poder de aumentar a produção dos bioinsumos e ainda reduzir o custo”.

Áreas de retorno financeiro

Além da economia, dentre os principais retornos no uso dos bioinsumos, que interferem positivamente na economia, estão:


1. Melhoria da qualidade do solo

Bioinsumos promovem uma maior ciclagem de nutrientes, melhor estruturação do solo e maior retenção de água. Sua aplicação, além de cumprir seus propósitos de manejo biológico, auxiliam na saúde do solo, sem que o produtor dependa de investimentos para recuperá-lo.


2. Menor necessidade de aplicação de produtos químicos

Insumos biológicos aumentam a solubilização de nutrientes para assimilação pelas raízes, a ativação da resistência natural das plantas, o controle biológico de pragas e doenças, e a melhoria na absorção de água e nutrientes pelo maior desenvolvimento do sistema radicular das plantas, sendo mais econômicos e seguros que os químicos.


3. Aumento na produtividade das culturas

Bioinsumos oferecem mecanismos de promoção de crescimento vegetal e fixação biológica de nitrogênio, promovendo assim um aumento significativo na produtividade e, por consequência, o aumento do seu faturamento final.

"O que mais nos surpreende é que começa a facilitar, as coisas começam a se tornar mais fáceis, o controle dos nematóides, a produtividade começa a voltar nas manchas onde não produzia, você começa a ver plantas com sanidade de raiz…Por isso que a gente produz no OnFarm, para ter um custo mais baixo e conseguir alcançar esse objetivo."

Carlos Alberto Moresco, cliente SoluBio

Impacto no mercado e no mundo

Para se vender mais, é preciso ter mercado para isso! Apesar da alimentação ser considerada essencial para todos, a alta dos preços vem fazendo as pessoas comprarem cada vez menos. Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o gasto médio global para se ingerir diariamente frutas, legumes, verduras, proteínas, gorduras e carboidratos foi de US$ 3,54 (cerca de R$ 18,4) em 2022.

Enquanto isso, na América Latina, esse gasto foi de US$ 3,98 por pessoa (cerca de R$ 20,7), o que coloca 131 milhões de pessoas sem condições econômicas de manter tal dieta, além de serem empurradas para algum grau de insegurança alimentar. A experiência da fome (insegurança alimentar grave) esteve presente em 9% dos domicílios no final de 2020, o equivalente a 19 milhões de brasileiros.

Além do preço, as pessoas estão mais conscientes da qualidade do produto, então, pensar em produzir melhor, mais barato e com sustentabilidade é essencial neste novo modelo de mercado.

"A gente precisa produzir tomate para essa indústria todo ano, sem tomate ela não funciona. Então a gente tem que produzir esse tomate com qualidade, para essa indústria produzir essa polpa com qualidade, para atender os clientes. Então a sustentabilidade nossa é essencial."

Maurício Bakalarczyk, cliente SoluBio

Segundo pesquisa realizada pela KPMG no final de 2019, 84% dos entrevistados no Brasil afirmaram que a qualidade do produto é o item mais importante para manter a fidelidade a uma marca. Outro ponto se refere ao valor do produto, considerado primordial para 76%.

Com o uso de bioinsumos, o produtor terá seu produto final com a melhor qualidade, além de não ter a necessidade de aumentar preços que desagradam os clientes e afetam o abastecimento do mercado.


Crescimento consciente

Hoje, é possível unir alto desempenho na lavoura, ações de sustentabilidade e ainda ter mais economia em diversos aspectos da fazenda.

Novas tecnologias permitem que o produtor alcance a produtividade e cuide do meio-ambiente, deixando um legado para um futuro de mais responsabilidade e eficiência.

É importante, também, contar com empresas que ofereçam um leque completo de serviços e seja parceira nesta etapa de economia e desenvolvimento da fazenda. Por isso, a SoluBio criou a SoluBio Experience, desenvolvendo tecnologias integradas com padrão industrial e fornecendo todos os equipamentos, insumos, controle de qualidade, treinamentos e assistência técnica para que as fazendas produzam seu próprio bioinsumo com alta economia, padrões ESG e produtividade elevada.

Fale com um especialista SoluBio clicando aqui. E vivencie uma nova era para sua fazenda.

122 visualizações0 comentário
bottom of page